Projeto da Ufac objetiva monitorar queimadas no Estado

Ascom Ufac - 02/04/2019






O projeto Acre Queimadas, coordenado pela professora Sonaira Souza da Silva, do campus Floresta da Ufac, em Cruzeiro do Sul, foi aprovado na chamada CNPq-Prevfogo/Ibama n.º 33/2018. Com duração de três anos, o projeto visa ao monitoramento de incêndios florestais e queimadas em todo o Estado do Acre.
“Mesmo com avanços científicos e técnicos sobre monitoramento, dinâmica, controle e alternativas ao uso do fogo, vários são os desafios sobre essa atividade tão danosa para a sociedade e a natureza”, disse Sonaira. “Já sabemos que mais de 500 mil hectares de floresta foram degradados pelo fogo entre 1984 a 2016. Agora é continuar mapeando e entender as consequências deste impacto.”
A pesquisa busca responder: qual a extensão das cicatrizes de queimadas agrícolas e incêndios florestais para o período de 2000 a 2020 no Estado Acre? Qual o nível de degradação ocasionada pelo fogo nas florestas, considerando o tempo após o fogo e a reincidência? Qual o custo de oportunidade para redução ou exclusão do uso do fogo em paisagens agrícolas no Acre? Qual o cenário futuro do regime do fogo, considerando clima, desmatamento, degradação florestal e custo de oportunidade social?.


Acesse a matéria completa em:

http://www.ufac.br/site/noticias/2019/projeto-da-ufac-objetiva-monitorar-queimadas-no-estado?fbclid=IwAR3PrYB8DS30KmCNadon00npnENPBxh86cnC7b8aLonAPWmLFmA78BsfzT0

https://www.facebook.com/ufacoficial/photos/a.603533183098847/2096394017146082/?type=3&theater

1 visualização